terça-feira, 12 de março de 2013

Nazca a Lima

Em Nasca realizamos o voo sobre as linhas, aproximadamente 30 minutos de voo sobres os desenhos no deserto, sinceramente não me impressionaram muito e ainda fiquei mal com o voo, o pequeno avião cesna para 6 pessoas, 2 tripulantes e 4 passageiros chacoalha bastante e para se poder visualizar as linhas faz manobras quase radicais, por sorte não havia tomado café da manha.
Ja perto das 11 da manha voltamos ao hotel e nos preparamos para ir a Lima, faltavam 450 km, como ja estava meio tarde e para não chegar a uma capital desconhecida a noite resolvemos fazer uma etapa até a cidade de Pisco, 250 km ao norte, ja no litoral peruano, imaginamos que fosse como no Brasil, que engano, infelizmente a cidade de Pisco foi atingida por um forte terremoto em 2007 e ainda esta se reerguendo, muitos terrenos vazios de casas que se foram e alguns escombros do terremoto estão espalhados por toda a cidade, fizemos um city tour com um desses moto taxis e o piloto nos deu uma breve explicação sobre o ocorrido, segundo ele morreram mais de 120 mil pessoas em toda a região atingida por esse terremoto.
No dia seguinte partimos para Lima, ótima estrada e um visual muito bonito do litoral peruano foram os ingredientes da etapa, muitas casas de veraneio, mansões e condomínios fechados nos mostravam que aqui os peruanos realmente curtiam a praia. Chegamos por volta do meio dia e rumamos direto para o conhecido bairro de Miraflores, onde nos instalamos no Urban Hostel, meio sujo mais a 2 quadras da praia, excelente localização.
Lima nos surpreendeu bastante positivamente, por onde andamos pudemos notar uma cidade muito limpa e organizada, exceto pelo transito caótico como em todas as grandes capitais sulamericanas, aproveitamos a tarde para conhecer a praia de miraflores e contemplar um maravilhoso por do sol no Pacifico, realmente um incrível espetáculo da natureza. No dia seguinte levei a moto a concessionária BMW de Lima para uma sessão de Spa, realmente ela estava merecendo, recomendadissima concessionária, muito diferente do Brasil, nos trataram muitíssimo bem, nos pagaram o taxi para o centro da cidade e entregaram a moto limpa e pronta no horário combinado.
Enquanto a moto estava na revisão aproveitamos para conhecer o centro histórico de Lima, onde fica a Plaza de Armas o Palácio do Governo, tivemos a oportunidade de assistir a troca da guarda do palácio, muito interessante.
A noite fomos ao centro de Miraflores, agitado com muitas lojas, uma rua com muitos restaurantes e barzinhos onde os turistas e peruanos vem se divertir, comemos ceviche, prato peruano feito de peixe cru com muito limão, até que é bom, mais ainda prefiro o sashimi japonês.
Amanha a Simone toma o avião de volta pra São Paulo e eu parto para a terceira fase da jornada em que pretendo percorrer a costa peruana e o deserto do Atacama, chegando a San Pedro de Atacama.
Preparados para embarcar, ao fundo a aeronave que nos levou.

Sobrevoando os arredores de Nasca.

Igreja semi destruída pelo terremoto em Pisco

City tour de Moto taxi.

Transito caótico em Lima

Urban Hostel, meio sujinho, preço e localização ótimos.

Lima, grande capital sulamericana.

Lindas praças com excelente visual em Miraflores.

Para chegar a praia tem que descer o paredão.

Arborizadas avenidas em Miraflores.

WiFi melhor que o do Hostel.

Praia de ondas grandes, só pra surfista.

Por do sol, espetáculo da natureza.

Ué cade a areia da praia???

Plaza San Martin.

Palacio do Governo.

Ceviche, peixe cru cozido no limão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário